02.03.2019 | 07h00

A Opinião do Estadão: O desastre fiscal continua

“A notícia parece animadora, mas ninguém deve iludir-se com o superávit primário de R$ 46,9 bilhões obtido em janeiro pelo setor público. As contas continuam desarrumadas, o governo geral permanece muito endividado e ajustes e reformas seguem no topo da agenda. Saldos positivos são normais nesse período, e o deste ano é praticamente igual ao de janeiro de 2018. O conjunto do setor público é formado pelos governos central e dos Estados, pelas prefeituras e pela maioria das estatais (Petrobrás e Eletrobrás ficam fora).”

Trecho de editorial do Estadão deste sábado, 2.


Mais conteúdo sobre:

Editorial Estadão
VOLTAR PARA O ESTADÃO