10.02.2019 | 12h00

A Opinião do Estadão: No palanque da ideologia

“Pelo que se vê, para o presidente Bolsonaro, não há muita diferença entre escrever no Twitter e apresentar ao Congresso a mensagem anual do Poder Executivo. Por sinal, a posse presidencial não mudou os hábitos de Jair Bolsonaro na rede social. No primeiro mês de governo, mais de um terço dos 200 tweets publicados pelo presidente é de ataques a adversários e à imprensa. O tom de campanha eleitoral pode entreter, por algum tempo, parte de seus seguidores mais radicais, mas o exercício da Presidência da República vai além. A mensagem lida no início dos trabalhos legislativos não apresentou uma visão de país – apenas corroborou a imagem de um presidente que ainda não sabe a que veio.”

Trecho do editorial do Estadão deste domingo (10).


VOLTAR PARA O ESTADÃO