28.09.2018 | 17h12

A Opinião do Estadão: Nas urnas, a economia de 2019

“A maior ameaça à economia brasileira no próximo ano pode surgir das urnas, segundo o Banco Central (BC). Um governo irresponsável ou despreparado poderá emperrar a recuperação do País, mal saído, até agora, de uma funda recessão. Se tudo andar bem, o crescimento em 2019 poderá chegar a 2,4%, segundo a nova projeção para o Produto Interno Bruto (PIB). Essa estimativa, elaborada “ainda com elevado grau de incerteza”, é condicionada à continuação dos ajustes e reformas indispensáveis ao fortalecimento da capacidade produtiva.”

Trecho do editorial do Estadão desta sexta-feira, 28.


Mais conteúdo sobre:

Editorial Estadão
VOLTAR PARA O ESTADÃO