05.09.2018 | 12h00

A Opinião do Estadão: Não é momento para tibieza

“À primeira vista, causou surpresa a decisão do governo brasileiro de não subscrever um projeto de resolução do Grupo de Lima que foi entregue ao Conselho de Direitos Humanos da ONU para condenar violações de direitos humanos praticadas pelo regime de Nicolás Maduro na Venezuela. O grupo é formado por Argentina, Brasil, Canadá, Colômbia, Costa Rica, Chile, Guatemala, Guiana, Honduras, México, Panamá, Paraguai e Peru e foi constituído há cerca de um ano para encontrar uma saída pacífica para a crise venezuelana.”

Trecho de editorial do Estadão desta quarta-feira, 5.


Mais conteúdo sobre:

Editorial Estadão
VOLTAR PARA O ESTADÃO