19.02.2019 | 07h00

A Opinião do Estadão: Muito ajuda quem não atrapalha

“Não tem a menor importância, para o País, o desfecho da crise envolvendo o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno. Sem qualquer predicado que o tornasse especialmente relevante para o processo de tomada de decisões do governo, sua permanência ou não no Ministério de Jair Bolsonaro só interessava de fato aos filhos do presidente, publicamente empenhados em escolher os ministros e governar no lugar do pai.”

Trecho de editorial do Estadão desta terça-feira, 19.


Mais conteúdo sobre:

Editorial Estadão
VOLTAR PARA O ESTADÃO