11.10.2018 | 17h10

A Opinião do Estadão: Mais apertos para os pobres

“Todas as classes de renda foram atingidas pela inflação mais acelerada em setembro. Para os grupos mais abonados, as perdas foram causadas principalmente pela alta da gasolina e das passagens aéreas e pelo encarecimento dos serviços pessoais. As famílias mais modestas foram afetadas mais duramente pelos aumentos de preços da alimentação e da energia elétrica e pela majoração dos aluguéis.”

Trecho de editorial do Estadão nesta quinta-feira, 11.


Mais conteúdo sobre:

Editorial Estadão
VOLTAR PARA O ESTADÃO