06.04.2018 | 11h19

A Opinião do Estadão: “Lula, ‘El Cid’ de São Bernardo”

“Como era previsível, os petistas trataram a decisão do Supremo Tribunal Federal de rejeitar o habeas corpus para o ex-presidente Lula da Silva como um atentado “contra o País e sua soberania, contra o processo democrático, contra o povo brasileiro”. Assim, o PT e seu chefão outra vez reafirmam sua natureza autoritária – para o partido, só são democráticas as instituições que se ajoelham perante o demiurgo de Garanhuns, pois este, segundo a mitologia lulopetista, é “o maior líder popular do País” e o “candidato da esperança” do “povo brasileiro”, conforme se lê na nota oficial do PT a respeito da nova derrota judicial, que o partido classificou como “um dia trágico para a democracia”.”

Trecho de editorial do Estadão desta sexta-feira, 6.


Mais conteúdo sobre:

LulaPTSTF
VOLTAR PARA O ESTADÃO