19.04.2018 | 06h29

A Opinião do Estadão: Inépcia

“Nove anos, 10 meses e 21 dias depois de receber as alegações finais da defesa do réu, o ministro Celso de Mello, decano do Supremo Tribunal Federal, mandou extinguir processo contra o deputado Flaviano Melo (MDB-AC). Trata-se de um caso exemplar da inaceitável demora da mais alta Corte do País em julgar os casos que envolvem autoridades com foro privilegiado.”

Trecho de editorial do Estadão nesta quinta-feira, 19.


Mais conteúdo sobre:

Editorial EstadãoSTF
VOLTAR PARA O ESTADÃO