12.02.2019 | 12h08

A Opinião do Estadão: Igreja e Estado

“Caso os bispos reunidos no Sínodo proponham políticas que aflijam o governo, a este caberá respondê-las pelos meios diplomáticos cabíveis, sempre lembrando que a interferência de quem quer que seja nos rumos da política brasileira para a Amazônia é uma questão de defesa nacional e, portanto, de soberania.”

Trecho de editorial do Estadão desta terça-feira, 12.


Mais conteúdo sobre:

Editorial Estadão
VOLTAR PARA O ESTADÃO