09.11.2018 | 17h03

A Opinião do Estadão: Ganhos rápidos, mas incertos

“As mais recentes estimativas do governo para as exportações brasileiras neste ano parecem contradizer as projeções que passaram a predominar depois da deflagração da disputa comercial entre Estados Unidos e China. Uma das consequências dessa disputa seria a queda dos preços das commodities, das quais o Brasil depende fortemente para assegurar os expressivos saldos comerciais registrados nos últimos anos. Outra seria a desaceleração do comércio e da economia mundiais, com reflexos sobre os volumes exportados pelo País.”

Trecho de editorial do Estadão desta sexta-feira, 9.


Mais conteúdo sobre:

Editorial Estadão
VOLTAR PARA O ESTADÃO