16.02.2019 | 07h00

A Opinião do Estadão: Finalmente, a reforma

“Pode até ser que Bolsonaro e seu entorno político tenham mesmo mudado de ideia e se convencido da profundidade da crise na Previdência, mas não está claro se o presidente resistirá à previsível ofensiva daqueles que pretendem desidratar a reforma no Congresso. Assim, o governo já entraria em desvantagem na dura negociação com os parlamentares.”

Trecho de editorial do Estadão deste sábado, 16.


Mais conteúdo sobre:

Editorial Estadão
VOLTAR PARA O ESTADÃO