11.04.2018 | 06h14

A Opinião do Estadão: ‘Ficha nº 700004553820’

“Desde que foi recolhido à carceragem da Polícia Federal em Curitiba, na noite do sábado passado, o sr. Luiz Inácio Lula da Silva passou a ser mais um entre as centenas de milhares de presos sob custódia do Estado brasileiro.

No ofício de abertura de seu processo de execução provisória da pena de 12 anos e 1 mês de prisão a que foi condenado pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro (…), o apenado foi devidamente qualificado e recebeu o número de identificação que titula este editorial. (…) Lula da Silva não é um reeducando diferente dos demais por sua condição de ex-presidente. A partir de agora, Lula é mais um número no Cadastro Nacional de Presos (CNP).”

Trecho de editorial publicado no Estadão nesta quarta-feira, 11.


Mais conteúdo sobre:

prisão de Lula
VOLTAR PARA O ESTADÃO