23.04.2018 | 17h00

A Opinião do Estadão: Erros à moda da casa

“A maior ameaça ao crescimento brasileiro é made in Brazil, a julgar pela avaliação do Fundo Monetário Internacional (FMI). A economia do País deve crescer 2,3% neste ano e 2,5% no próximo, mas perderá impulso e ficará emperrada, a médio prazo, em torno de 2,2%. Baixa produtividade será um obstáculo. Essa deficiência afetará também países desenvolvidos, mas em relação ao Brasil esse problema vem sendo apontado há vários anos.”

Trecho de editorial do Estadão nesta segunda-feira, 23.


Mais conteúdo sobre:

Editorial Estadão
VOLTAR PARA O ESTADÃO