14.03.2019 | 07h00

A Opinião do Estadão: Diplomacia medíocre

“O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, acredita que o Brasil atrasou seu desenvolvimento ao procurar fazer negócios com a China, a Europa e a América Latina, e abandonando os Estados Unidos como principal parceiro comercial. A declaração, dada em aula magna no Instituto Rio Branco, onde estudam aspirantes à carreira diplomática, mostra a dimensão da pretendida guinada que o presidente Jair Bolsonaro pretende imprimir à política externa do País.”

Trecho do editorial do Estadão desta quinta-feira, 14.


VOLTAR PARA O ESTADÃO