16.11.2018 | 07h00

A Opinião do Estadão: Corporação insaciável

“Dias depois de o Senado ter aprovado um reajuste de 16,38% nos vencimentos dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), o que acarretará um gasto de R$ 6 bilhões por ano – pois no Judiciário o efeito cascata é imediato, já que o salário da cúpula pauta o dos escalões inferiores da instituição, nos níveis federal e estadual –, entidades de magistrados afirmaram que não admitem o fim do auxílio-moradia.”

Trecho de editorial do Estadão desta sexta-feira, 16.


Mais conteúdo sobre:

Editorial Estadão
VOLTAR PARA O ESTADÃO