28.10.2018 | 17h00

A Opinião do Estadão: Choque de custo ainda é fraco

“O Brasil chegou às eleições com o consumidor ainda poupado de grandes pressões inflacionárias, embora o dólar, o petróleo e o minério de ferro tenham empurrado fortemente para cima os custos industriais. Algum impacto foi observado nos preços do varejo e dos serviços, mas sem comprometer gravemente o padrão de consumo das famílias. Medido em porta de fábrica, o Índice de Preços ao Produtor (IPP) subiu em setembro 2,93%, praticamente o dobro da taxa anotada um ano antes, de 1,48%.”

Trecho de editorial do Estadão deste domingo, 28.


Mais conteúdo sobre:

editorial do estadão
VOLTAR PARA O ESTADÃO