19.03.2018 | 12h17

A Opinião do Estadão: ‘Autonomia e responsabilidade’

“É um tanto estranho, no entanto, que o Congresso venha dando tão pouca prioridade à pauta das 15 propostas. Na realidade, pouco foi feito. E esse pouco, em vez de um avanço, foi um retrocesso. A comissão mista responsável pela Medida Provisória (MP) 806/17, que trata da tributação dos fundos exclusivos, desfigurou o texto original de forma a reduzir o seu alcance. Ou seja, em vez de aproveitar para dar cumprimento a uma das 15 medidas destinadas a melhorar o equilíbrio das contas públicas, o Legislativo deu força ao déficit fiscal”, diz trecho de editorial publicado nesta segunda-feira, 19.


Mais conteúdo sobre:

Congresso15 propostas
VOLTAR PARA O ESTADÃO