14.07.2018 | 17h00

A Opinião do Estadão: A Justiça perdulária

“Em sua última sessão plenária, realizada no dia 26 de junho, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) acolheu denúncia do Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Rio (Sind-Justiça) feita em agosto do ano passado e, por unanimidade, determinou ao Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) a imediata suspensão do repasse de verbas mensais para custear despesas com a instalação de uma academia de ginástica no segundo andar da Corte e a contratação de profissionais de educação física para juízes, desembargadores e seus dependentes.”

Trecho de editorial do Estadão deste sábado, 14.


Mais conteúdo sobre:

Editorial Estadão
VOLTAR PARA O ESTADÃO