25.09.2018 | 07h00

A Opinião do Estadão: A insensatez das elites

“O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso divulgou uma carta aberta rogando aos candidatos presidenciais ditos de centro que se unam para frear o que chamou, apropriadamente, de ‘marcha da insensatez’ – isto é, a possibilidade de um segundo turno disputado entre Jair Bolsonaro (PSL), um populista que defende a ditadura, elogia torturadores e confessa nada entender de economia, e Fernando Haddad (PT), outro populista, que representaria a volta ao poder do grupo político responsável direto pela crise econômica, política e moral que o País hoje atravessa.”

Trecho do editorial do Estadão desta terça-feira, 25.


VOLTAR PARA O ESTADÃO