23.09.2018 | 07h00

A Opinião do Estadão: A hora do compromisso

“Instalou-se no País um clima de aflição com o futuro imediato em razão da perspectiva de que o próximo presidente da República seja eleito como resultado de um embate entre forças populistas, com tendências autoritárias. É em momentos como esse, em que a confusão suplanta a razão, que urge compreender, longe do calor dos discursos, os aspectos fundamentais dos desafios que assombram o País, pois, do contrário, a crise tende a se perpetuar, numa dinâmica que pode inviabilizar a desejada estabilidade política, econômica e social.”

Trecho do editorial do Estadão deste domingo, 23.


Mais conteúdo sobre:

Editorial Estadão
VOLTAR PARA O ESTADÃO