28.09.2018 | 07h00

A Opinião do Estadão: A higienização petista

“O ex-presidente Lula da Silva disse diversas vezes que ‘sempre’ aceitou o resultado das várias eleições que perdeu. ‘Quando perdi, nunca fui para rua reclamar. Voltava para casa e discutia com minha mulher e com meu partido. Depois, me preparei para disputar uma nova eleição’, declarou em 2016 o demiurgo petista, repetindo pela enésima vez essa fábula na expectativa de enganar os inocentes.”

Trecho do editorial do Estadão desta sexta-feira, 28.


VOLTAR PARA O ESTADÃO