12.01.2019 | 17h10

A Opinião do Estadão: A crise no Ceará

“A onda de ataques promovida pelo crime organizado na capital e em cidades do interior do Ceará, e que já dura mais de dez dias, como represália à adoção de medidas de endurecimento do sistema penitenciário, em especial a transferência de seus chefões para presídios federais de segurança máxima, deixa lições que devem ser aprendidas pelas autoridades de segurança pública de todo o País. A crise que amedrontou a população, embora tenha amainado, deve continuar, porque os bandidos parecem dispostos a resistir em resposta à dura reação das autoridades, segundo reconhece o próprio governo estadual.”

Trecho de editorial do Estadão deste sábado, 12.


Mais conteúdo sobre:

Editorial Estadão
VOLTAR PARA O ESTADÃO