10.09.2018 | 07h20

A Opinião do Estadão: A calmaria da inflação

A maior e melhor surpresa de agosto foi trazida pelos números da inflação, muito bem comportados apesar da forte alta do dólar, várias vezes negociado acima de R$ 4,00. Houve deflação de 0,09% registrada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), referência mais importante para a política de juros e para várias outras ações oficiais.

Trecho do editorial do Estadão nesta segunda-feira, 10.


Mais conteúdo sobre:

Inflação
VOLTAR PARA O ESTADÃO