13.11.2018 | 11h29

A novela da escola sem partido

A Comissão Especial que dispute o projeto da chamada “Escola sem partido” tenta, mais uma vez, votar a proposta. Os partidos de esquerda, como PT e Psol, seguem manobrando para ganhar tempo e impedir que o projeto seja colocado em votação.

O assunto voltou a ganhar força na Câmara depois da eleição de Jair Bolsonaro. O presidente eleito apoia a proposta e os defensores da medida querem aproveitar esse clima favorável para aprová-la. Mas nas tentativas feitas nas últimas semanas, a tática da esquerda acabou amarrando a discussão e impedindo sua votação. Dessa vez, os defensores da Escola sem partido decidiram iniciar a votação mais cedo para driblar os adversários. M.M.


Mais conteúdo sobre:

Escola sem partidoBolsonaro
VOLTAR PARA O ESTADÃO