23.09.2018 | 09h59

Ciro apela a metáfora sexual

Em mais um de seus destemperos verbais, Ciro Gomes desta vez recorreu a uma metáfora sexual para criticar a atuação de facções criminosas, como PCC e Comando Vermelho.

“O PCC usa essa meninada do GDE (facção do Ceará) e coloca uma metralhadora na mão dele, um fuzil pesado, e aquele menino que talvez o pau seja pequeno, acha que aquele fuzil pode ser o pau grande que ele não tem”, disse Ciro, segundo o Estadão, em entrevista à Rádio Autêntica Favela, em Belo Horizonte, na sexta-feira (21). / J.F.


Notícias relacionadas

Mais conteúdo sobre:

Ciro PCC GDE Segurança
VOLTAR PARA O ESTADÃO