13.09.2018 | 15h53

A memória seletiva de Haddad

Em campanha, Fernando Haddad já mostrou sua memória seletiva para esquecer da quebradeira e do aumento do desemprego ocorrido no Brasil durante o segundo mandato de Dilma Rousseff. Para o petista, tudo aconteceu apenas nos dois anos do governo de Michel Temer.

“Nós estamos do lado da Justiça, da soberania popular e nacional. Eles destruíram muita coisa em dois anos, mas junto com vocês vamos reconstruir cada tijolo”, postou Haddad nas suas redes sociais. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

Fernando Haddad
VOLTAR PARA O ESTADÃO