23.04.2018 | 23h02

A ‘memória fraca’ de Serraglio

O alvo da vez de Renan Calheiros foi o Osmar Serraglio. Acusado de ter feito pressão sobre o então ministro da Justiça, o senador se defendeu: “Quando o presidente o nomeou eu disse que era uma temeridade nomear alguém de Eduardo Cunha”.


“Depois na Operação Carne Fraca eu pedi publicamente sua exoneração. Eu não sabia que a carne fraca tornava a memória fraca também”, completou Renan.

Mais conteúdo sobre:

Renan Calheiros
VOLTAR PARA O ESTADÃO