18.07.2018 | 12h45

‘A Janaína pode, sim, ser vice de Bolsonaro’

Embora o vice de Jair Bolsonaro não deva ser definido na convenção partidária, marcada para o próximo domingo, 22, o nome da advogada do impeachment Janaína Paschoal, que já declarou estar aberta a discutir a proposta, ganha força na legenda.

“A Janaína é filiada ao partido, uma mulher guerreira, corajosa, muito respeitada na área acadêmica, e teve um papel decisivo no processo de impeachment”, disse o Major Olímpio, presidente do PSL paulista, ao BR18. “Se a opção for por uma solução caseira, ela é um grande quadro, tem o perfil necessário e pode, sim, ser vice do Bolsonaro.” / José Fucs


VOLTAR PARA O ESTADÃO