30.08.2018 | 10h02

A irritação dos petistas com o TSE

Dirigentes do PT ficaram irritados com o iminente julgamento do registro da candidatura de Lula pelo TSE já nesta sexta. Como prevêem que o registro será recusado, não poderão apresentar Lula como  candidato do partido no primeiro programa do horário eleitoral, que irá ao ar no dia seguinte.

A presidente do PT, Gleisi Hoffmann, acusou o golpe ontem à noite. “Temos preocupação com a notícia de que o TSE está marcando sessão extraordinária para sexta-feira e de que o julgamento do registro de Lula estaria na pauta. Se for isso, teremos mais uma violência contra o presidente. A defesa sequer foi apresentada. Vão atropelar o procedimento?!”, disse, na sua conta do Twitter. /M.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO