30.10.2018 | 07h16

A hora dos ‘com voto’ no PSDB

O governador eleito de São Paulo, João Doria Jr., afirma que seu partido, o PSDB, perdeu sintonia com a realidade. Em entrevista ao Estadão, voltou a defender que os que têm voto devem ocupar postos na Executiva no partido. “A sintonia hoje na política é com a população que votou, que representou a sociedade brasileira. Então, os quem têm voto têm de estar representados majoritariamente”, afirmou.

Defendeu a antecipação “consensual” do término dos atuais mandatos do comando da sigla, que se encerram em dezembro de 2019 e repetiu que o partido deve ter “lado”. “Neste momento, o meu lado é o Brasil. E quem está defendendo o Brasil neste momento é o candidato eleito por 57 milhões de eleitores, Jair Bolsonaro.


VOLTAR PARA O ESTADÃO