09.04.2018 | 06h36

A hora de Temer, Aécio e Alckmin

Com Lula preso, delegados da Polícia Federal e procuradores da República usaram as redes sociais para dizer que está aberta a temporada de punição a políticos.

O delegado da Polícia Federal Milton Fornazieri Júnior, chefe da delegacia de repressão a crimes financeiros em São Paulo, postou em uma rede social no sábado que “agora é hora de serem investigados, processados e presos os outros líderes de viés eleitoral diverso, que se beneficiaram dos mesmos esquemas ilícitos que sempre existiram no Brasil (Temer, Alckmin, Aécio etc.)”.

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO