19.04.2018 | 07h51

A frente bolsonarista

O partido de Jair Bolsonaro, o PSL, tem apenas sete deputados. Mas ele calcula que pode chegar a fechar o apoio de 10% de Câmara.

O número pode estar inflado, mas o fato é que jantar na casa de Onys Lorenzoni, do DEM e dissidente, portanto, da candidatura de Rodrigo Maia, reuniu 30 deputados em torno do presidenciável do PSL, informa a Folha.


VOLTAR PARA O ESTADÃO