06.08.2018 | 11h54

A fragmentação do Congresso

Geraldo Alckmin avalia que qualquer candidato que seja eleito para o Planalto precisará lidar com um Congresso extremamente fragmentado. Durante o evento “Coalizão pela Construção”, ele afirmou que “nenhum partido terá mais do que 60 deputados”.

O problema dessa fragmentação é que isso poderá deixar o próximo presidente muito mais dependente das negociações políticas (leia-se toma lá, dá cá) das bancadas no Congresso, se quiser aprovar as propostas de interesse do governo. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

Geraldo Alckmin
VOLTAR PARA O ESTADÃO