25.09.2018 | 11h00

A força da TV

“A 13 dias das eleições, é difícil acreditar que um terceiro nome consiga furar a polarização. Mas a esperança de Ciro e Alckmin residirá até o fim no discurso de que eles são, respectivamente, os melhores nomes para impedir a chegada de Bolsonaro ou do PT no Planalto”, escreveu Paulo Celso Pereira no Globo.

Na análise do colunista, nesta reta final da eleição a TV ganhou importância, principalmente na pancadaria contra Jair Bolsonaro (PSL). Se o tempo de TV de Geraldo Alckmin (PSDB) não o ajuda a ganhar votos, tem se mostrado útil para conter o ex-capitão.


VOLTAR PARA O ESTADÃO