11.08.2018 | 11h02

A falta de líderes

A campanha presidencial evidencia a carência de líderes políticos com visão de longo prazo e capacidade de transmitir confiança ao eleitor. Merval Pereira escreve sobre isso no Globo, baseado em um relatório de perspectivas pós-eleitorais feito por uma empresa de consultoria. “A perda de legitimidade de políticos – independentemente de vinculações partidárias – tornou-se endêmica. Nomes antes promissores foram varridos do tabuleiro político, e não há no horizonte novos líderes despontando”, opina.


Notícias relacionadas
VOLTAR PARA O ESTADÃO