07.08.2018 | 22h52

A explicação da PF para a morte de Eduardo Campos

A Polícia Federal detalhou em nota oficial as possíveis razões para o acidente aéreo que matou o então candidato à Presidência da República, Eduardo Campos. Segundo o texto, o inquérito aponta “colisão com pássaros” como uma das explicações para a queda do avião Cessna 560XL em Santos, no dia 13 de agosto de 2014.

“O inquérito conclui que a queda da aeronave pode ter sido causada, isolada ou cumulativamente, pelos seguintes fatores: a colisão com pássaros, gerando uma atitude radical da aeronave; a desorientação espacial por parte dos pilotos; a possibilidade de disparo de compensador de profundor; ou uma pane/travamento de profundor em posições extremas”, diz o texto da PF, como informa o Blog do Fausto.


Notícias relacionadas

Mais conteúdo sobre:

Eduardo CamposPFPSB
VOLTAR PARA O ESTADÃO