03.09.2018 | 17h05

A estranha lógica de Pimentel

Em Minas, o governador Fernando Pimentel (PT) tentou se justificar sobre os atrasos nos pagamentos para os servidores. E para rechaçar o senador Antônio Anastasia (PSDB), seu principal adversário na corrida pelo governo, apelou para uma estranha argumentação. Ele disse que Anastasia só conseguiu honrar a data desses pagamentos quando foi governador porque a época era de “vacas gordas” proporcionada pelos governos de Lula e de Dilma, que teriam ajudado todos os Estados. Anastasia lidera as pesquisas em Minas.

“Falar que pagava em dia com dinheiro abundante, durante o governo de Lula, é muito fácil. Estou fazendo o possível diante de toda essa tragédia que se abateu sobre o Brasil e o nosso Estado”, argumentou tentando reduzir o impacto eleitoral pelo problema. /M.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO