06.11.2018 | 10h28

A era do politicamente incorreto

“Enquanto o mundo fica atônito com as declarações de Jair Bolsonaro de que vai prender opositores, perseguir a imprensa e desrespeitar os direitos humanos, seus apoiadores parecem minimizar o que ele diz, tratando tudo como excesso retórico ou bravata”, escreveu Pablo Ortellado na Folha.

Para o colunista, Bolsonaro não toma cuidado com sua estratégia de comunicação. Fala o que quer, tripudia sobre a democracia e os direitos humanos, mas como defendem seus apoiadores é tudo “brincadeira”.


VOLTAR PARA O ESTADÃO