20.05.2018 | 13h42

A eleição mais dura para Renan em AL

O senador Renan Calheiros, hoje considerado quase um dissidente dentro do próprio partido, o MDB, deverá enfrentar a mais difícil campanha de sua carreira política ao tentar a reeleição, em Alagoas, mesmo contando com o apoio do PT no Estado.

Reportagem do UOL diz que, em meio a fins de alianças e silêncio sobre as negociações de apoio, Renan deve ter concorrência de quatro candidatos, para conquistar uma das duas cadeiras ao Senado em jogo — um fato inédito. “Pela primeira vez, ele está tendo de enfrentar candidatos competitivos que podem, sim, tirá-lo da disputa”, diz a cientista política Luciana Santana, da Ufal (Universidade Federal de Alagoas).


Mais conteúdo sobre:

Renan CalheirosMDBsenadoAlagoas
VOLTAR PARA O ESTADÃO