02.10.2018 | 07h32

A direita na favela

O conservadorismo de direita avança em territórios de baixa renda antes redutos eleitorais do PT por conta de benefícios sociais como o Bolsa Família. Reportagem da Folha retrata jovens de favelas paulistanas que se identificam com pautas de direita e declaram apoio a Jair Bolsonaro nas eleições presidenciais.

“Você consegue convencer as pessoas atacando a questão moral. Fala pro cobrador de ônibus se ele apoia que filho João possa ser chamado de Maria. Vai dizer que não. Mas você não consegue se chega dizendo que vai tirar o Bolsa Família”, explica Douglas Garcia, de 24 anos, morador de favela na zona sul de São Paulo e candidato a deputado pelo PSL.


VOLTAR PARA O ESTADÃO