29.04.2018 | 12h29

A desunião faz a fraqueza

Se mantiverem a pulverização de candidaturas, nomes de partidos do centro podem ficar fora do segundo turno.

“O desgaste da classe política e a impopularidade de Michel Temer abastecem a corrida presidencial com um combustível de mudança. É cedo para fazer diagnósticos definitivos, mas as pesquisas sugerem que deverá ser estreito o caminho para candidaturas de continuidade”, escreve Bruno Boghossian na Folha.


Mais conteúdo sobre:

eleiçõescentro
VOLTAR PARA O ESTADÃO