19.09.2018 | 07h48

A derrocada do PSDB em 2 anos

Para os tucanos, 2016 é, parafraseando Carlos Drummond de Andrade sobre sua Itabira natal, “apenas uma fotografia na parede. Mas como dói”. Nas eleições municipais daquele ano, no embalo do impeachment de Dilma Rousseff, os tucanos colheram vitórias importantes, como a capital paulistana no primeiro turno.

Mas entre 2016 e 2018 houve 2017, e a denúncia de Rodrigo Janot contra Michel Temer e Aécio Neves tirou do PSDB o discurso da ética e do antipetismo, que migrou para Jair Bolsonaro. Além da situação ruim de Geraldo Alckmin, os tucanos passam aperto nas disputas em vários Estados importantes e temem encolher no Congresso. / V.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO