08.09.2018 | 17h59

‘A democracia não está consolidada’

Para o filósofo Roberto Romano, da Unicamp, o episódio da facada em Jair Bolsonaro “é um resultado da democracia brasileira, que vive em risco permanentemente. Ela não está consolidada. As instituições de Estado e da sociedade civil não estão agindo normalmente. Com isso, temos a perda radical da autoridade pública. E democracia sem autoridade pública não funciona. Quando não há autoridade, a violência física e a violência verbal se imiscuem em todos os assuntos da sociedade e do poder público”, afirmou ao Estadão.


VOLTAR PARA O ESTADÃO