26.11.2018 | 09h46

A crítica de Vélez Rodríguez ao autoritarismo

“O futuro ministro Ricardo Vélez Rodríguez estreará na pasta da Educação mal conectado à massa de conhecimentos empíricos que se consolidou nas últimas décadas acerca dos principais problemas do ensino básico brasileiro e das terapias para enfrentá-los”, escreveu Vinícius Mota na Folha.

O colunista escreve sobre o livro “Castilhismo: uma Filosofia da República”, de autoria do futuro ministro da Educação, e afirma que a julgar pelo livro, em que faz uma crítica ao autoritarismo, Vélez Rodríguez poderá se aproximar de questões importantes à pasta.


VOLTAR PARA O ESTADÃO