31.08.2018 | 13h16

A casa cai em Mangaratiba

O prefeito interino de Mangaratiba, Vitor Tenório Santos (PDT), e os ex-presidentes da Câmara de Vereadores do município Edison Ramos e Pedro Bertino Jorge Vaz tiveram a prisão decretada e já são considerados foragidos, informa Roberta Jansen, do Estadão.

Segundo investigações do Ministério Público do Rio, de janeiro de 2010 a agosto de 2017, a Câmara Municipal local gastou mais de R$ 17 milhões com viagens e cursos irregulares que visavam somente o desvio de recursos para os acusados.


Mais conteúdo sobre:

MangaratibaVitor Tenório SantosPDT
VOLTAR PARA O ESTADÃO