08.09.2018 | 08h54

A bolha de Amoêdo

O presidenciável do Novo, João Amoêdo, alcançou 3% nas intenções de voto, de acordo com a última pesquisa Ibope/Estadão/Rede Globo, e conseguiu se descolar do pelotão dos nanicos e capturar eleitores de direita. Segundo reportagem publicada na revista Veja desta semana, a arrancada deve-se principalmente ao investimento de R$ 120 mil mensais que o candidato disponibilizou apenas para impulsionamento de publicações no Facebook.

A estratégia foi auxiliada por uma informação que atraiu a atenção espontânea de parte do eleitorado. Amoêdo, que fez carreira no mercado financeiro, declarou ao TSE um patrimônio de R$ 420 milhões, o que o transformou no presidenciável mais rico de 2018 — e também em meme instantâneo nas redes. Tudo isso ajudou, de acordo com a Veja, a criar uma “bolha” em torno de seu nome. Ainda assim, é improvável que chegue ao segundo turno, mas, diante de uma disputa tão fragmentada, sua leve alta nas pesquisas pode ajudar a definir a disputa. / J.F.


Mais conteúdo sobre:

AmôedoNovoTSEIbope
VOLTAR PARA O ESTADÃO