19.03.2018 | 09h03

A batalha dos palanques

Na montagem dos palanques regionais, o tucano Geraldo Alckmin já pode respirar aliviado por ter conseguido aliados fortes em dois dos três maiores colégios eleitorais. Terá o apoio de João Doria em São Paulo e de Antonio Anastasia em Minas. Falta ajeitar o Rio.

Já Rodrigo Maia, do DEM, tem a ajuda do pai, Cesar Maia, no Rio. Em Minas, lança hoje a candidatura do deputado Rodrigo Pacheco, que se destacou comandando a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara durante o pedido de afastamento de Michel Temer. Poderá ter, ainda, ACM Neto, na Bahia. Mas precisa dar um jeito para entrar em São Paulo. /M.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO