30.11.2018 | 15h35

Guedes depõe no dia 5

No dia 5 de dezembro, o futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, está convocado para prestar esclarecimentos ao Ministério Público Federal sobre as suspeitas de irregularidades em um investimento de R$ 112,5 milhões feito pelo FIP Brasil Governança, gerido pela BR Educacional (empresa ligada a Guedes), à Funcef, fundo de pensão dos funcionários da Caixa, informa o Estadão.

Em nota divulgada em outubro, a defesa do economista afirmara que a investigação se “baseia em um relatório fragilíssimo, que tratou de apenas um, dentre quatro investimentos realizados pelo fundo”. A Funcef, agora, elaborou um novo relatório desconstruindo os argumentos que balizaram a abertura de investigação.


Mais conteúdo sobre:

Paulo GuedesBR Educacional
VOLTAR PARA O ESTADÃO