25.10.2018 | 09h40

Voto, vísceras e programas

“Também desta vez, conquistará o voto do eleitor aquele que conseguir trabalhar principalmente as emoções. A lógica e a racionalidade continuam sendo instrumentos indispensáveis de convencimento, mas não são o principal, pelo qual o eleitor fará sua opção. As pessoas votam guiadas pelas vísceras e não pela mente”, escreveu Celso Ming no Estadão.

Segundo o colunista, esse é o principal motivo para que os programas de governo dos presidenciáveis sejam pouco consistentes e vão de “amontoado de frases” a “vago”.


VOLTAR PARA O ESTADÃO