30.03.2018 | 16h44

Amigo de Temer adia depoimento

A Polícia Federal adiou o depoimento do coronel João Baptista Lima Filho, um dos amigos de Temer presos na quinta-feira, 29, por suspeita de ligação com esquema de propinas supostamente destinadas ao presidente. A defesa alegou que ele estava ‘sem condições de saúde’ para prestar o depoimento.

Segundo o blog do repórter Fausto Macedo, do Estadão, o interrogatório do coronel, que está detido na carceragem da PF no bairro da Lapa, na zona oeste de São Paulo, iria ocorrer na manhã desta sexta-feira, 30. A PF, porém, optou primeiro por ouvir sua mulher e sócia. Só que, ao final, ele pediu o adiamento e conseguiu o que queria. / J.F.


VOLTAR PARA O ESTADÃO